Rio vivo

Recuperação ambiental da bacia do Rio Doce. Esse é o objetivo do programa Rio Vivo, iniciativa dos Comitês de Bacia Hidrográfica do Rio Doce que conta com o apoio técnico do IBIO. Com recursos da cobrança pelo uso da água, a ação contempla três programas previstos no Plano Integrado de Recursos Hídricos da Bacia do rio Doce (PIRH-Doce): Controle de Atividades Geradoras de Sedimentos (P12), Expansão do Saneamento Rural (P42) e Recomposição de APPs e Nascentes (P52). Nessa primeira fase, a expectativa é de que sejam investidos aproximadamente R$ 3,1 milhões, pelo CBH-Piranga; R$ 3,6 milhões, pelo CBH-Piracicaba e R$ 2,7 milhões pelo CBH-Santo Antônio.

Para mais informações acesse: http://www.ibioagbdoce.org.br/rio-vivo/

Comments are closed