SMMA apresenta Planos de Manejo

Na tarde dessa terça-feira (24), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) lançou os planos de manejo da Área de Proteção Ambiental (APA) Piracicaba, do Parque Natural Municipal do Ribeirão São José e da Reserva Biológica Municipal da Mata do Bispo. O plano é um documento técnico para definir ações, a serem seguidas ao longo do tempo, para gestão de Unidades de Conservação (UC), respeitando a proteção do meio ambiente e o desenvolvimento da sociedade.

“É algo de fundamental importância para as unidades. Ele é que nos dá o subsídio para fazer a nossa gestão territorial. Por meio do plano, a gente conhece as oportunidades e o que é prioridade para investir e alavancar o desenvolvimento da cidade”, explicou Fabrício Milanio, diretor da Unidade de Conservação da SMMA.

Ao longo do lançamento foram apresentadas as etapas do estudo, a equipe técnica e todas as informações e esclarecimentos sobre o tema. Entre outras questões, o engenheiro ambiental Arthur Gândara explicou que o plano de manejo é feito a partir do levantamento e conhecimento do ambiente da UC e região, elaborado por uma equipe de profissionais de diversas áreas. “É importante a participação da comunidade para a construção dos planos de manejo e definição para o futuro da área. Não estamos trabalhando de portas fechadas. Contamos com a colaboração de todos”, afirmou.

A elaboração dos planos de manejo das UC está prevista para terminar em fevereiro do ano que vem. Até lá, haverá encontros com as comunidades, visitas e entrevistas com moradores da região, além de oficinas participativas. “A comunidade pode participar por meio das Oficinas de Planejamento Participativo (OPP). São encontros com atividades criativas para trocar informações e ouvir os principais interessados em construir e preservar um meio ambiente mais sustentável”, concluiu Arthur Gândara.

Oficinas de Planejamento Participativo (OPP)

As OPP são encontros técnicos com atividades dinâmicas, interativas e criativas, para trocar conhecimento e ouvir os interessados na construção e preservação de um meio ambiente mais sustentável. São nesses encontros que a população tem a oportunidade de apresentar sugestões e definir prioridades e ações quantos aos aspectos abrangidos pelos planos de manejo. Os interessados também podem entrar em contato pelos telefones (31) 3835-5926 e (31) 98547-2023, ou pelo e-mail planodemanejo@ecolaboreengenharia.com.br.

Confira as datas e locais onde serão realizadas as OPP:

26/09 (quinta-feira), das 18 às 21h: Escola Estadual José Ricardo Martins Fonseca (Bairro Chapada)

28/09 (sábado), das 8 às 12h: Escola Municipal Alice Martins Fontes (Sapé)

03/10 (quinta-feira), das 18 às 21h: Igreja Nossa Senhora Aparecida (Ribeirão São José de Cima)

05/10 (sábado), das 13 às 17h: Escola Municipal Antônio Camilo Alvim (Bairro Barreiro)

08/10 (terça-feira), das 14 às 17h: Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA)

Conheça sobre as logos de cada UC

A logo da Área de Proteção Ambiental Municipal Piracicaba foi elaborada simbolizando: a gota de água que representa o Rio Piracicaba e seus afluentes; o rabo de peixe, representando o “Piracicaba”, que significa ser um local que por acidente natural no leito dos rios, como queda d’água, não permite a passagem dos peixes, sendo favorável à pesca; e as folhas, demonstrando as características naturais relevantes do local. Todos esses elementos interagem entre si, de forma harmoniosa, trazendo o equilíbrio ao meio ambiente.

A logo do Parque Natural Municipal do Ribeirão São José foi elaborada simbolizando: a antiga Usina Hidroelétrica de Itabira, Patrimônio Artístico e Cultural do município que mais se destaca no parque, sendo fiel em retratar a sua fachada; e a árvore, remetendo ao ecossistema natural de grande relevância ecológica e beleza cênica ali existente.

A logo da Reserva Biológica Municipal da Mata do Bispo foi elaborada simbolizando: a mitra, uma insígnia pontificial utilizada pelos bispos, remetendo ao nome da REBIO; e, a árvore por dentro protegida, identificando a preservação integral dos atributos naturais existentes na UC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *